segunda-feira, 24 de abril de 2017

Alckmin nomeia 1.118 agentes para as polícias Civil e Técnico-Científica

O governador Geraldo Alckmin anunciou, no dia 18 de abril, a nomeação de 1.118 agentes para as polícias Civil e Técnico-Científica do Estado de São Paulo. São 1.040 cargos para policiais, 62 oficiais administrativos e 16 técnicos de laboratório.

“Hoje estamos assinando a nomeação destes 1.118 novos policiais para as policiais Civil e Técnico-Científica. A gente fica muito feliz, porque a polícia vem fazendo um trabalho extraordinário. E as polícias investigativas fazem um trabalho extremamente significativo para que o poder judiciário possa fazer justiça ainda melhor com as respectivas comprovações e inquéritos”, disse Alckmin.

Para a Polícia Civil, foram nomeados 922 novos agentes, sendo 74 delegados, 321 investigadores e 527 escrivães. Já a Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC) contará com mais 118 agentes, sendo 57 médicos legistas e 61 peritos. A SPTC também receberá reforço para os quadros de apoio dos institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML). Somam ao efetivo mais 16 técnicos de laboratório e 62 oficiais administrativos. Esses profissionais vão atuar em todos os núcleos policiais do Estado.

Desde 2011, o Governo de São Paulo investiu na contratação de 4.027 policiais civis, além destes futuros policiais que foram nomeados nesta terça. Também foram chamados 360 delegados, 1.260 investigadores, 1.215 escrivães, 537 agentes policiais, 400 agentes de telecomunicação, 149 papiloscopistas e 106 auxiliares de papiloscopista.

Da Técnico-Científica, desde 2011, foram nomeados 806 policiais, sendo 175 médicos legistas, 283 peritos, 136 auxiliares de necropsia, 50 atendentes de necrotério, 143 fotógrafos e 19 desenhistas.
Para a Polícia Militar, desde 2011, foram contratados 23.779 policiais militares para reforçar o policiamento no Estado. Estão em formação mais 3.278 PMs, sendo 2.081 soldados e 447 alunos-oficiais. Além disso, estão em andamento concurso para selecionar mais 2.293 soldados, 131 alunos-oficiais e 74 tenentes-médicos.

A nomeação foi assinada e será publicada no Diário Oficial do Estado.

Aplicativo Cuide-se Bem Saúde orienta pacientes com Aids e DSTs

O aplicativo Cuide-se Bem Saúde, criado pelo Programa Estadual de DST e Aids do Estado de São Paulo, da Secretaria de Estado da Saúde, com o apoio do Hospital Emílio Ribas, é uma ferramenta para ajudar pacientes com o virus HIV e de hepatites virais a seguir corretamente o tratamento e obter os melhores resultados.

O app lembra os pacientes do horário certo de tomar os remédios, as consultas agendadas e avisa quando os medicamentos estão acabando para que possam providenciar a reposição, entre outras funcionalidades úteis para a continuidade do tratamento.

A ferramenta já está disponível nas lojas virtuais App Store e Google Play, na versão em português para usuários dos sistemas iOS e Android. Basta digitar pelo nome “Cuide-se Bem Saúde” no mecanismo de localização. Outra funcionalidade é o registro dos exames para acompanhar a evolução do tratamento. Também é possível o acesso a uma espécie de “bula eletrônica”, com informações sobre as características dos medicamentos, incluindo efeitos adversos.

Desenvolvido pela equipe do programa de DST e Aids em parceria com a farmacêutica Abbvie e com o  Programa Estadual de Hepatites Virais do Estado de São Paulo, com apoio do Hospital Emílio Ribas, que trata de 7.500 pacientes com Aids e Hepatites virais, o app busca se tornar ferramenta universal que possa ser utilizada pelo paciente em qualquer lugar do Brasil ou do exterior.

“A ideia nasceu da necessidade de melhorarmos a adesão ao tratamento das pessoas que hoje têm HIV e hepatites virais”, explica a médica Maria Clara Gianna, coordenadora do Programa Estadual de DST e Aids do Estado de São Paulo.

Para os tratamentos serem bem sucedidos, é preciso disciplina por parte dos pacientes, que devem tomar os remédios nos horários corretos e cumprir uma rotina de exames e consultas, sem lacunas ou falhas. A expectativa é ajudar 70% das 830 mil pessoas já diagnosticadas com o HIV ou em tratamento, no Brasil.

Portal do Governo de SP

CONVITE


segunda-feira, 10 de abril de 2017

Célia Leão marca presença na Semana do Autismo em Campinas



Célia Leão com a Secretária Eliane Jocelaine
e o Vereador Jorge da Farmácia
A primeira semana do mês de abril foi dedicada ao autismo, que foi lembrado mundialmente no dia 2 deste mês. Para celebrar a data e discutir o assunto a Comissão das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Câmara Municipal de Campinas, promoveu uma semana inteira de eventos direcionados ao tema.

O encerramento das atividades aconteceu no dia 7 de abril com a participação da deputada estadual Célia Leão e dos deputados federais Carlos Sampaio (PSDB), Roberto Alves (PRB), Paulo Freire (PR), além dos vereadores Jorge da Farmácia, Professor Alberto, Paulo Haddad e Rafa Zimbaldi. A Secretária Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania, Eliane Jocelaine, também marcou presença no evento.

Durante a solenidade o deputado federal Paulo Freire anunciou a criação da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Crianças com Autismo, criada na Câmara Federal. A frente foi anunciada no inicio de abril, por iniciativa dos deputados Paulo Freire e do Delegado Francischini (SD-PR), que inclusive é pai de um menino autista.

E sua fala a deputada Célia Leão frisou a necessidade da defesa dos direitos das pessoas com deficiência no Brasil. “Tenho orgulho de hoje estar aqui nesta mesa com pessoas desta envergadura, unidos em torno de um tema tão importante. A vida vale mais que qualquer problema. Quem assume compromisso com a vida assume compromisso com Deus e é isso que estamos fazendo, um pacto em defesa dos autistas”, destacou a deputada.

Célia Leão anunciou ainda que vai imediatamente propor a criação da Frente Estadual em Defesa dos Autistas na Assembleia Legislativa de São Paulo.


O autismo afeta cerca de 70 milhões de pessoas no mundo inteiro. No Brasil, de acordo com o IBGE, são mais de 2 milhões de pessoas com o problema.


BYD inaugura fábrica em Campinas


Célia Leão com o Sr. Song Yang, Cônsul Geral da China
e Sr. Li JinZhang, embaixador da China no Brasil

A BYD (Build Your Dreams) inaugurou sua nova fábrica na cidade de Campinas. A solenidade aconteceu no dia 7 de abril e reuniu dezenas de autoridades, entre as quais o prefeito de Campinas e a deputada estadual Célia Leão.

A empresa chinesa é um dos maiores fabricantes mundiais de bateria e veículos elétricos e de painéis solares e vai gerar em tornos de 360 empregos diretos na cidade.

Em seu discurso a deputada Célia Leão enalteceu o investimento chinês na cidade. “Há 20 anos os chineses pensaram em um planeta sustentável, onde a energia limpa pudesse garantir um futuro com respeito ao meio ambiente e isso é plenamente possível. Campinas hoje reafirma sua vocação de pólo tecnológico e geração de emprego e renda. Todos saem ganhando com este investimento”, frisou a parlamentar.

A fábrica contou com investimento de R$ 150 milhões e, além dos 360 empregos diretos, vai gerar mais 161 vagas, até 2022, com investimento de R$ 50 milhões no setor de produção de chassis.




Célia Leão com Stella Li, vice-presidente mundial da BYD

terça-feira, 4 de abril de 2017

Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo

Fala da deputada Célia Leão na solenidade de abertura da Caminhada do Autismo, realizada na Lagoa do Taquaral, no dia 2 de abril, em Campinas.

Célia Leão participa da Caminhada do Autismo


Célia Leão com autoridades na Caminhada
em Campinas: respeito e dignidade

A deputada Célia Leão novamente marcou presença em mais uma edição da caminhada em comemoração ao Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, que aconteceu no dia 2 de abril, na Lagoa do Taquaral, em Campinas.

O evento, promovido pela Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania, reuniu centenas de pessoas, entre autoridades municipais, pais, professores, ativistas e instituições que assistem o autista em Campinas e região.

Em sua fala durante a abertura oficial da caminhada, Célia Leão ressaltou a necessidade do respeito. “Quebrar as barreiras físicas, como as escadas inacessíveis, quebrar cimento é coisa fácil, o difícil mesmo é quebrar as barreiras atitudinais, que são aquelas estão na cabeça e no coração das pessoas. Deficiente é gente como todo mundo, todos merecem respeito, dignidade e felicidade e nós temos que mostrar isso para o Brasil e para o mundo”, ressaltou a parlamentar.

O TEA (Transtorno do Espectro Autista), segundo a Organização Mundial da Saúde, consiste em uma série de condições caracterizadas por algum grau de comportamento social, comunicação e linguagem prejudicados, e uma gama estreita de interesses e atividades únicas para o indivíduo, e realizadas repetidamente.

O transtorno se inicia na infância, mas tende a persistir na adolescência e na vida adulta. O nível de funcionamento intelectual é extremamente variável e estima-se que uma em cada 160 crianças em todo o mundo tenha o transtorno.

A cidade de Campinas programou uma série de eventos para discutir o autismo na cidade durante o mês de abril.

O Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, celebrado anualmente no dia 2 de abril, foi estabelecido pela ONU em 2007.


Alesp faz ato em defesa dos autistas
A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) realizou, no dia 3 de abril, um ato de mobilização pelos Direitos das Pessoas com Autismo, promovido pela AMA (Associação de Amigos do Autista), que teve o apoio de diversas outras entidades, como Núcleo Convívio, Autismo Projeto Integrar, Associação Viver Autismo, Fórum Paulista de Entidades, Nap Edelweiss, Colégio Integrar, Inspirare e TEApoio.

A deputada Célia Leão marcou presença no encontro. Em sua fala a parlamentar observou que “a Assembleia é o fórum adequado para o debate sobre o autismo, uma vez que se trata de luta por melhor qualidade de vida”.




terça-feira, 28 de março de 2017

Prefeitura vai zerar fila de creches em São Paulo




A prefeitura de São Paulo lançou no dia 27 de março uma grande campanha de mobilização junto à sociedade para levantar recursos para a criação de vagas em creches da cidade. O encontro, que foi convocado pelo prefeito João Doria (PSDB), reuniu várias organizações da sociedade civil, entre elas a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que já se comprometeu em ajudar o projeto.

Célia Leão com o prefeito de São Paulo,
João Doria e sua esposa Bia Doria
Empresas e instituições vão incentivar seus funcionários a realizarem doações por meio do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fumcad). A meta do Programa Nossa Creche é zerar a fila de 65,5 mil crianças arte março de 2018.

A deputada estadual Célia Leão marcou presença para também apoiar a iniciativa do prefeito. “Trabalhar com João Doria e participar de sua administração é uma honra, sua disposição e vontade de trabalhar são contagiantes”, enalteceu a parlamentar.

No processo de expansão das vagas, serão priorizados bairros e famílias com maior vulnerabilidade. Um dos objetivos do Nossa Creche é matricular 60% das crianças atendidas na cidade pelo Programa Bolsa Família, do governo federal. Atualmente, apenas 38,3% dessas crianças estão na rede municipal.